Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

One Smile, One Life

Porque só vivemos uma vez

One Smile, One Life

Porque só vivemos uma vez

O melhor Anúncio de Natal

 

 

Este é realmente "o" anúncio. Mostra aquilo que eu realmente mais defendo e prezo: as pessoas têm de estar juntas sempre que podem, não devem deixar para amanhã, para o ano seguinte. Porque esse dia, esse ano, pode não chegar.

Como uma menina que passou os seus primeiros nove anos longe do pai no Natal, esta é para mim uma altura realmente muito especial. Porque desde que o tenho comigo, que esta é a altura mais feliz do ano para mim. Porque estou realmente com todos aqueles que amo, ao mesmo tempo. Pais, tios, primos e avós. E o Mi claro. E isto para mim vale realmente tudo. Tudo mesmo.

Assim, este é um anúncio fabuloso. Faz pensar no que de mais importante temos. E de que nunca nos devíamos esquecer!!

 

A Sofia foi uma corajosa!...como todas!

12274331_858929570871969_5572432687807715504_n.jpg

Esta semana a Sofia, uma mulher lindíssima e uma atriz de um potencial extraordinário que, ainda há bem pouco tempo, mostrou no Alta Definição que nem tudo o que parece é, contou que tem cancro da mama. E fez questão de enaltecer que,infelizmente, é mais uma entre tantas. 

É preciso muita coragem para fazer o que ela fez. Eu, que todos os dias lido com este bicho, sei que não é fácil admitir para si próprio que se tem, quanto mais admitir a todo um mundo.

A Sofia vai vencer. Ela e tantas outras. Proque acreditam. Acreditamos. E esse é sempre o primeiro passo!

"Até Voares"

Só agora vi a reportagem. Só agora chorei por ver tanto amor num só coração.

um murro no estômago que não o é porque, infelizmente, tenho noção desta realidade do nosso país. Porque infelizmente ainda há tanta pobreza escondida, tantos maus-tratos não conhecidos, tantos abusos por esclarecer.

E depois há é tão poucas pessoas assim. Que pensem no bem dos outros em vez de pensarem no seu. Que podendo viver numa casa com piscina, vivem numa casa velha com mais 40 pessoas. Que em vez de guardarem o dinheiro só para elas, o dão aos outros.

 

Aqui está alguém que merecia Mesmo ser condecorado, que merecia ouvir que faz o que ninguém é capaz. Mas a ele, chega-lhe o sorriso de quem por ali está com ele.

No Alta Definição diz-se tanto...

Se eu amo uma pessoa uma única vez que seja, vou amá-la para o resto da vida"

Ana Brito e Cunha

 

Mais uma frase da minha vida. Porque é mesmo isto. Aconteça o que acontecer, se num determinado momento da minha vida eu amo uma pessoa, o amor pode mudar, mas vai permanecer para sempre. Com amigos, família ou com o Mi, sei que será sempre assim.

Porque quando amo alguém, amo mesmo. Amo de uma forma incomensurável. Em que mesmo que me magoem e me afaste da pessoa, no fundo vou continuar com ela no coração.

Porque se num determinado momento a pessoa é importante ao ponto de a amar, então vai sê-lo sempre. Não é fácil eu amar alguém. Mas se amo, é para sempre. E para sempre é muito tempo ❤

 

 

(Mais uma grande entrevista!!!)

"Perdidos e Achados"

Depois de ver isto, e de ter visto assiduamente o programa no formato português, fiquei um pouco triste. O Fábio era uma inspiração para tanta gente e voltou ao mesmo...Admiro-lhe muito a coragem de admitir o retrocesso, mas custa ver que alguém que lutou tanto para chegar onde chegou, voltou a tropeçar. Espero que voltem à carga!

Quanto ao Filipe e à Susana, são a prova de que quando acreditamos em nós próprios, conseguimos.

São um exemplo para a família deles, mas também para nós.

A força mental é a nossa maior força!

A Iva tem razão.

Afinal, a morte também nos acontece. (...) Não há barreiras para o amor verdadeiro. Nem a morte."

 

A Iva Domingues foi a convidada desta semana do Alta Definição..e disse isto. E é tão verdade o que ela disse. Porque a morte de alguém que amamos verdadeiramente é realmente o nosso abrir do chão. É realmente uma dor incomensurável. Mas também é um amor eterno. Que não se atenua, pelo contrário. Intensifica-se a cada dia que passa pela saudade cada vez maior, que teima em nunca mais nos deixar sozinhos.

A morte é uma barreira para muita coisa, mas não para o amor. Esse, permanece no nosso coração e por ali fica, até ao último dia das nossas vidas.

 

Ainda não me pronunciei sobre a casa dos segredos este ano..

Porque simplesmente ainda não consegui ver mais de 15 minutos seguidos.

E, podendo ser pela falta de tempo que tenho, é simplesmente porque não quero. Porque vi no dia de estreia 10minutos e desisti. Costumava ser mau, mas costumava dar para rir um pouco. Costumava ser mau, mas havia sempre algum que escapava.

Costumava ser mau, sim. Mas este é MUITO pior. Muito baixo nível, muito jogo sujo, demasiada confusão para mim.

Por isso não tenho opinião. Conheço dois ou três, de vez em quando vejo coisas nas revistas, mas mais nada. Não sei quem são favoritos, quem vai ganhar ou quem merece perder. Por mim, já nenhum estaria lá. 

"Para Mulheres Reais", by Jessica Athayde

10645099_10152713958782510_8819681250343705664_n.j

 Já leram este texto da Jéssica? Não? Então leiam.

A Jéssica é uma conhecida atriz da nossa praça, que tem um corpo fantástico diga-se de passagem, mas que, como tantas outras, sofreu buylling nestes últimos dias.

E ela não se calou. Falou não por ela, que de nada precisa disto. Falou por quem não tem voz, como ela referenciou. Falou por quem, todos os dias, é coagido, humilhado, deitado a baixo.

O pior? É que são as mulheres as primeiras a rebaixar outras. Parecem ter um gostinho especial por sentirem que são melhores. Não o são, em nada com certeza.

Fico muito feliz que haja figuras públicas assim. Que mostram que nem só de preconceitos nem de estupidez é feito o mundo da fama.

Parabéns Jéssica! #sheforshe

 

Mas questiono-me sobre a quantidade de mulheres menos seguras, de todas as idades, mais ou menos felizes, magras, gordas, altas, baixas sofrem este tipo de perseguição no seu dia-a-dia. Mulheres que ao contrário de mim, não têm uma voz que se faça ouvir… Para alguma coisa tem de servir o facto de ser figura pública. Que seja então para dar voz a um grito que sei ser de muitas que me estão a ler neste momento: CHEGA!"

Jéssica Athayde

Mais sobre mim

imagem de perfil

Daisypath Anniversary tickers

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D