Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

One Smile, One Life

Porque só vivemos uma vez

One Smile, One Life

Porque só vivemos uma vez

A última!

A última apresentação. Hoje, à tarde, vou sentir que estes 4anos passaram demasiado rápido. Que, ainda ontem, estava triste por deixar a minha casa, o M, tudo, por um sonho. Hoje, apesar de estar triste por acabar, o sonho está realizado. 

Hoje, ao olhar para o júri, onde que todos eles fizeram parte deste percurso e foram parte essencial do mesmo, vou ter certamente vontade de chorar. E vai doer...vai doer muito.

Hoje, quando chegar à escola, estará a decorrer o primeiro dia de praxes e eu, ao fim de 4anos, não estarei a participar porque, oficialmente, já não faço parte. Hoje, as minhas afilhadas têm as suas decisões de estágios para o seu último ano e parece que foi ontem que as acolhi....

 

Hoje, será o fim de uma era. Hoje, ficarei triste. Mas espero, sinceramente, que amanhã se inicie uma outra cheia de alegria e sucesso....

O regresso às Aulas...

Sempre fui aquele tipo de menina que passava as férias ansiosa para que as aulas começassem e que, ao fim de 15 dias, já não queria férias. Sempre "obriguei" os meus pais a encomendarem os meus livros para o ano seguinte mal acabavam as aulas para que no fim de Julho já os tivesse, para os encadernar de uma forma impecável, para escrever o meu nome neles de uma forma perfeita, para poder começar a conjeturar como seria o ano seguinte.
Mas, mais que isto, estava sempre ansiosa por esta altura para ir comprar os cadernos, que escolhia criteriosamente conforme cada disciplina, para comprar as canetas das várias cores, uma agenda toda bonita, que foi algo de que nunca prescindi para me organizar...enfim, TUDO!
Este ano, e ao fim de 16anos sempre com esta alegria, não tenho nem canetas para comprar; custa-me ir aos hipermercados e não ter o porquê de comprar aquelas coisas fantásticas.
Agora, que estou quase quase a entregar o trabalho de final de curso, sinto e sei que passou tudo muito rápido. Agora, mais que nunca, sinto que o ser adulto é, para além da maior responsabilidade, possuir muito menos magia!...

.

As coisas não melhoraram muito, mas já se consegue respirar um ar mais saudável.

Continuo a sentir que sou tratada como uma criança. Continuo a sentir que, para eles, tenha eu a idade que tiver, nunca posso "avançar" mais.

O tempo também não está bom já que ameaça chover, com tanto calor que está.

 

Não está fácil, não está não...

 

 

Lara

 

nada fácil.

E já de regresso à Guarda há três dias, as coisas não estão nada fáceis.

Incompatibilidade de feitios cá em casa tornaram o ambiente insuportável...discussões seguidas que me esgotaram completamente...estou sem forças. Cansada psicologicamente da forma como me vêem e me tratam. E não digo isto como uma adolescente de 14anos incompreendida pelos pais, digo-o como uma rapariga de quase 21 que se sente só no meio deles.

Agem como se o tempo não passasse e acham que ainda vivem no século passado. E eu terei que viver também lá, enquanto viver à custa deles.

Não acho minimamente justo; esforço-me todo o ano por tirar boas notas, ajudar no restaurante sempre que é preciso e ainda é isto...

 

Cansada, desiludida e triste.

 

 

Lara

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub