Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

One Smile, One Life

Porque só vivemos uma vez

One Smile, One Life

Porque só vivemos uma vez

Balada da Despedida (Parte II)

Não é fácil explicar o que se sente ao ouvir a Balada da Despedida.

Foram 4anos intensos. 4anos de imensas saudades, 4anos em que quase todos os fins-de-semana tinha quase 9h de viagem e por isso, o cansaço era sempre tanto, 4anos em que nem sempre conseguia estar com quem mais amava.

Foram, apesar de tudo, 4anos em conheci muitas pessoas, a maioria que não voltarei a ver, mas algumas que, tenho a certeza, ficarão para sempre no meu coração. Pessoas essas que comigo sorriram, choraram, cantaram, foram praxadas mas também praxaram, saltaram...viveram.

Nada disto teria sido possível sem a família, nomeadamente os meus pais, que NUNCA, em momento algum, me deixaram sozinha; nos bons e nos maus, estiveram sempre lá...e mesmo quando as discussões existiram, mesmo quando a paciência ou o cansação me impediam de mostrar o quanto os amo, nunca deixaram de estar ali...

Outro pilar essencial foi o M. O M. é uma pessoa demasiado especial para que o consiga descrever...não fosse ele e talvez as forças me tivessem faltado em momentos mais difícieis, não fosse ele e talvez estes 4anos não tivessem sido tão especiais. Ele é, sem dúvida e em conjunto com o meu pai, o Homem da minha Vida.

Por último, os amigos que estiveram sempre lá: a C., a J. e a A.C. porque foram elas a estar comigo estes 4anos, foram elas que seguraram sempre na minha mão quando as saudades já eram tantas.

 

Por ora, o futuro logo se verá.... Quanto a mim, e apesar deestar feliz por ter alcançado esta etapa com tanto sucesso, as saudades já são mais que muitas!*

Balada da Despedida (Parte I)

Chegar ao fim destes 4 anos parece um sonho.

Um sonho que passou demasiado rápido, um sonho que nem sempre foi totalmente bom, mas que foi meu, e isso, ninguém me tira.

Ontem, no Baile de Finalistas, ter ao meu lado as amigas que ficarão para a vida, pois 4anos são  bastante para isso, o amor de sempre que nunca em momento algum me deixou sozinha e amiga de sempre, foi o melhor que poderia ter.

Não chorei porque a noite era de alegria, mas olhar para todos e perceber que o fim está mesmo perto, dá um aperto no coração impossível de explicar.

Nem tudo foi bom, mas muito menos mau...e isso é com certeza o que vou lembrar.

Amanhã será a benção de finalistas e aí sim, o coração vai ser demasiado pequenino...

 

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D