Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

One Smile, One Life

Porque só vivemos uma vez

One Smile, One Life

Porque só vivemos uma vez

?Onde.

"E flutuando num silêncio tão profundo,

como se tudo agora estivesse quieto e calado,

deito-me.

 

Deito-me num chão ainda mais frio do que eu.

Um chão que me dá o choque emocional que precisava.

Choro. Choro até o diafragma doer, até os pulmões reclamarem da falta de ar que não recebem.

 

E relembro o momento.

Aquele que percebi que não sou quem pensava ser.

A importante, a especial, a tal.

 

Precisava agora de um abraço teu.

Mas o silêncio é tão grande que me perco

Em sentimentos, cansaço e desilusão.

 

Um só não chegaria, dois ainda seriam pouco,

Mas sei que não vão chegar.

 

Divago, na procura incesante 

De uma nova luz que me traga a vida.

Que me ilumine a alma que teima em querer esconder-se.

 

Onde estás?"

 

LM, 2011

 

Lara.

Sunshine!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E o "Sol está raiando minha gente!!!!!" :D

 

Dia perfeito para estar de manhã com o M. e à tarde ir passear com os papis! :)

O estudo para as frequências está a ser longo, intensivo e chato...preciso de férias....

 

 

Oh Julho, chega lá depressa ....*

 

 

 

Lara.

Pandora

E novas aquisições para a minha Pandora:

 

 

As peças com ouro estão no fio e já são três (com esta!). Todas as outras nas duas pulseiras! Esta peça nova é uma corrente de segurança que eu acho mesmo fofinha *.*

 

 

Lara.

Actualidade de mim xD

E este fim-de-semana tem um sabor especial....porque vou passar o resto da semana na Guarda a estudar para as frequências! :D Assim, o estudo até corre melhor.*

O último dia de estágio já aconteceu...e nem consigo descrever o que senti. Como fiquei triste por deixar de estar ali, num Laboratório a que já estava tão familiarizada, com pessoas com quem me dava já tão bem. Levámos um bolo como agradecimento e um pequeno postal...e tive de arranjar forças sobre-humanas para não desatar num pranto -.-'

 

Eu? Eu estou bem...há uns anos uma parte da minha vida foi totalmente apagada da minha memória, pelo sofrimento que me causou. Sofrimento esse que consegui ultrapassar porque tive um amigo que me ajudou...um amigo chamado M. e que depois se tornou na "minha pessoa".

Contudo, essa era a única história mal resolvida da minha vida. Não tinha podido dizer tudo o que sentia à pessoa que tanto me fizera sofrer. Agora, sete anos depois, e por iniciativa dessa pessoa, essa oportunidade surgiu. E, apesar de já ter passado tanto tempo, decidi que não ia deixá-la passar em branco. Disse e vou dizer tudo o que essa pessoa devia ter ouvido na altura. E, apesar de isso agora já não alterar em nada o que aconteceu, deixará a minha consciência mais tranquila.

 

Ontem fui com o M., Nana e mãe deles até à Covilhã fazer umas comprinhas. Comprei uns calções azuis lindos e uma camisola vermlha ainda mais bonita!! Adorei *.*

 

 

Lara

Eleições

A única coisa que me apraz dizer é que tenho uma IMENSA vergonha, não do meu país, mas das pessoas que nele vivem e que tanto gritam ser PORTUGUESAS em jogos de futebol mas, na hora da verdade, e depois de tanto criticarem, os níveis de abstenção batem recordes.

 

Parabéns. Parabéns por mais uma vez não disponibilizarem de apenas 20min (no máximo) das vossas vidas para cumprirem um dever que é de todos. Porque a pensar assim, ninguém votaria, ninguém lutaria por mais e melhor.

E aquela história de não votarem porque são todos iguais....M****! isso não é desculpa! Ao menos vão lá votar em branco para mostrar que não acreditam em nenhum!

 

 

Lara

Orgulho*

 

E num passeio por um parque da cidade, quase à hora do pôr-do sol, reparei num casal de idosos que estavam a fazer a sua caminhada, de mãos dadas.

E emocionei-me. Emocionei-me ao perceber que, aquilo sim, era um verdadeiro amor. Porque mesmo com tantos anos de casados, continuam a demonstrar o carinho que os une. Continuam de mãos dadas para a vida :')

 

 

*

 

E como se já não bastasse isso para me emocionar, ontem foi a festa de fim-de-ano do ATL da Nana, que é a última, já que é o último ano da escola primária e, por conseguinte, ali. Claro que na altura em que recebeu o diploma, desabei a chorar...foi totalmente insconsciente, num misto de orgulho e tristeza. A "minha" menina está a crescer tão rápido e estes últimos três anos (que estou em Lisboa) não a tenho acompanhado como queria...tenho medo de estar a perder momentos importantes, como o que vou perder daqui a duas semanas quando for a festa de fim de 4ºano, na escola, que terá direito a cartola, pasta de finalista e até fitas!!! :)

Ela está cada vez maior, mais compreensiva, mais consciente. É certo que às vezes ainda faz umas birras "muito indesejadas", mas se assim não fosse..não tinha piada!*

 

 

Lara

Pág. 2/2

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub