Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

One Smile, One Life

Porque só vivemos uma vez

One Smile, One Life

Porque só vivemos uma vez

Em Alta Definição #5

QUEM É MELHOR DO QUE TU?

 

Meu Deus, tanta gente! Eu não ambiciono nunca ser melhor do que ninguém! Cada um é bom naquilo que é...

Eu gosto de melhorar, é verdade, mas por mim mesma. Gosto muito de aprender, de ir a Congressos, Workshops, palestras, tudo o que possa contribuir para melhorar tanto a nível profissional como pessoal. Mas não para ser melhor que A,B ou C!

Sou uma pessoa extremamente exigente comigo mesma é isso faz-me querer ser sempre melhor. Mas há sempre pessoas melhores o que é bom, é com elas que vou conseguir aprender! 

No Alta Definição diz-se tanto...

Se eu amo uma pessoa uma única vez que seja, vou amá-la para o resto da vida"

Ana Brito e Cunha

 

Mais uma frase da minha vida. Porque é mesmo isto. Aconteça o que acontecer, se num determinado momento da minha vida eu amo uma pessoa, o amor pode mudar, mas vai permanecer para sempre. Com amigos, família ou com o Mi, sei que será sempre assim.

Porque quando amo alguém, amo mesmo. Amo de uma forma incomensurável. Em que mesmo que me magoem e me afaste da pessoa, no fundo vou continuar com ela no coração.

Porque se num determinado momento a pessoa é importante ao ponto de a amar, então vai sê-lo sempre. Não é fácil eu amar alguém. Mas se amo, é para sempre. E para sempre é muito tempo ❤

 

 

(Mais uma grande entrevista!!!)

A Iva tem razão.

Afinal, a morte também nos acontece. (...) Não há barreiras para o amor verdadeiro. Nem a morte."

 

A Iva Domingues foi a convidada desta semana do Alta Definição..e disse isto. E é tão verdade o que ela disse. Porque a morte de alguém que amamos verdadeiramente é realmente o nosso abrir do chão. É realmente uma dor incomensurável. Mas também é um amor eterno. Que não se atenua, pelo contrário. Intensifica-se a cada dia que passa pela saudade cada vez maior, que teima em nunca mais nos deixar sozinhos.

A morte é uma barreira para muita coisa, mas não para o amor. Esse, permanece no nosso coração e por ali fica, até ao último dia das nossas vidas.

 

Em Alta Definição #4

O QUE TE ENSINARAM AS DERROTAS?

 

Olha, ensinaram-me aquilo que, felizmente, os meus pais também me tinham sempre transmitido: que nada é garantido na vida e que temos sempre que lutar pelo que queremos pois se não formos nós a lutar pela nossa felicidade, não há ninguém que o faça por nós! É verdade que por vezes foram muito dolorosas e me deitaram muito a baixo. Mas depois, e porque tenho um suporte familiar incrível e um namorado maravilhoso,foi "bola para a frente". Depois de algumas, deixas de dar valor às mais insignificantes e ganhas mais força para as que hão-de vir!...

Em Alta Definição #3

JÁ SENTISTE INVEJA DE ALGUÉM?

 

Já...Acho que é inato a qualquer pessoa que haja inveja. O problema é quando essa inveja ultrapassa a sensatez.

Mas sou a pessoa mais feliz do mundo se um amigo estiver bem. Mesmo que seja ele a alcançar o que eu tanto queria, como aconteceu quando eu procurava emprego, a amizade sobrepõe-se sempre a tudo...

E a inveja é um restício de esperança que um dia também chegue a minha vez!...

Em Alta Definição #2

SEMPRE DISSESTE O QUE SENTIAS?

Há uns anos sim. Sempre fui muito impulsiva e "sem papas na língua" (saí à minha mãe!)... Mas o tempo e a pouca, mas já alguma experiência de vida que tenho, ensinaram-me que nem sempre o posso fazer, que tenho que ir engolindo alguns sapos. Há pessoas a quem gostava de já ter dito tudo o que penso, mas não posso. E com isto não quero dizer que seja falsa, porque se tenho alguma coisa para dizer a alguém digo, e quando não gosto de uma pessoa não consigo esconder, não gosto e pronto. 

Odeio não poder dizer certas coisas. Sinto até uma má disposição irracional...mas vou aprendendo a lidar com isso e a esperar pelo momento certo para falar; sim porque ele pode tardar, mas não falha!

Em Alta Definição #1

O QUE MAIS TEMES?

 

Sinceramente, aquilo de que mais tenho medo é de perder as pessoas que mais amo... Sei que não sou uma pessoa que saiba lidar com a morte, reajo muito mal. Já aconteceu uma vez, quando perdi a minha segunda mãe. Sei que não vou aceitar, como ainda hoje, doze anos depois, ainda não aceito a morte dela.

Eu sei que é o percurso natural da vida... Mas sou muito ligada fisicamente às minhas pessoas. Preciso de um beijo, de um abraço, de um olhar de quem amo. Preciso muito disso para me sentir bem no meu dia-a-dia... Saber que um dia vou perder isso traz-me uma dor incomensurável e na qual não quero nem pensar. Porque depois vai ficar a saudade.... E essa vai crescer, agigantar-se, a cada dia que passar.

Sofia Ribeiro em Alta Definição




Viram? Se não viram, vejam. E não é só porque sim, só porque é um programa que gosto e o aconselho.

A Sofia deu uma grande lição de vida nesta entrevista. Mostrou que, realmente, nada é o que parece. Que a vida não é fácil para ninguém, mesmo que essa pessoa aparente ser a pessoa mais feliz do mundo.

A Sofia, se é que a posso chamar assim, mostrou que é como tantos outros. Mas muito pior do que muita gente que tanto se queixa.

E venceu. E por isso é bom de ver. Ver quem vence por si só. Parabéns Sofia, de verdade.

De Manuel Forjaz

Não fica uma lição sobre como encarar uma morte que se revelou certa.  Não fica uma lição sobre como sorrir quando queremos chorar.

Fica, isso sim, uma lição sobre vida; uma lição sobre como sorrir porque vivemos, porque podemos dizer, ainda, às pessoas que gostamos que gostamos delas. Uma lição de como devemos estar agradecidos por poder sorrir.

Dele, ficam as suas palavras sábias e acolhedoras. 

 

 

Ele, sabiamente, pediu-nos para não nos distraírmos da vida. Porque, sabe ele agora, ela passa rápido demais. E podemos depois não ter tempo para fazer, falar, amar.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Daisypath Anniversary tickers

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D