Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

One Smile, One Life

Porque só vivemos uma vez

One Smile, One Life

Porque só vivemos uma vez

2010 Finito...

E pronto.... cá estou eu a fazer novamente o balanço de mais um ano que está a poucas horas de chegar ao fim...

Não se pode dizer que tenha sido um ano mau. Foi mais ou menos bom xD

 

 

O enterrar das minhas lindas afilhadas!

As férias no regresso fantástico ao Algarve :D

O trabalho duro durante as férias de Verão!

3ºano de faculdade com novos caloirinhos!

E...txaran... 2novas afilhadas que me enchem novamente de orgulho :')

Os 20anos!

 

Os 5anOs de namoro com o Miguel! :0

 

 

Sou uma pessoa feliz, é verdade! Tenho uma família fantástica, com alguns problema é certo, mas qual é a que não tem?

Tenho os melhores amigos do Mundo!

 

E, apesar de todas as discussões e amuos, tenho o MELHOR namorado do Mundo!!!!!

 

 

Feliz 2011 para todos!!! E entrem logo com os dois pés, não deixem nenhum de fora! xD

 

 

 

Lara.

Natal!

:)

 

O Natal já passou! Foi um Natal muito bem passado, ao lado de todos aqueles que realmente amo!

As rpendinahs também foram algumas, nomeadamente da Pandora...e foram tantas que...vou ter de comprar outra! Mas desta vez acho que vou comprar uma das de couro, de duas voltas, em castanho! Só para não serem iguais.... :)

 

E o vosso, como foi?

Quanto à passagem-de-ano, ainda não está definida...o que está definido é que trabalho dia 1.. :(

 

 

 

Lara

Deixar alguém...

Quando pensamos em abandonar alguém, sabemos as consequências que isso vai acarretar.

Sabemos que todos vão questionar a legitimidade de tal decisão, qual donos da nossa vida. Sabemos que todos vão lamentar que não tenha dado certo, dizendo que sempre tinham pensado que seria para sempre. Sabemos ainda que vamos querer não ver ninguém pois vamos estar fartos de ouvir as tão famosas frases pré-concebidas.

Mas quando as coisas não estão bem, não por que continuar com essa pessoa. Deixamos de sentir que os sonhos e as vontades são partilhados, que a vontade de ficar mais um pouco na cama só para nos enroscarmos, já não existe.

Desaparece, então, o Amor.

Passamos ao que se chama de Habituação, tal qual uma dependência. Estamos juntos por estar, falamos um com o outro para não parecer mal, beijamos por obrigação, sem qualquer tipo de sentimento amoroso inerente. Qualquer pequena coisa é motivo para uma discussão infindável, onde já nem os insultos têm a capacidade de nos magoar – já nada o faz pois o coração já está calejado/cicatrizado… Já não há lugar para qualquer outra protusão.

E assim, acabou. A coragem chega finalmente quando dizemos “basta”! Quando nos cansamos das discussões  repetidas, quando já não aguentamos o dormir na ponta da cama para evitar qualquer tipo de contacto físico…talvez isso mudasse tudo.

Fazemos então as malas e partimos. Partimos na esperança de nos reencontrarmos; de voltarmos a conseguir degustar a panóplia de oportunidades boas e más que a vida nos oferece, sem estarmos preocupados com a “outra pessoa”. Passamos a ser apenas nós.

 

Nós e o Destino…

 

 

 

Lara

 

Amo-te tanto que te odeio...*

Sei que me mentes. Sei que tudo isto é um sonho, o qual a qualquer momento se vai desvanecer e me  vai fazer caír bem fundo.

Não adianta que todos os outros me tentem alertar. Porque eu simplesmente não quero ouvir aquilo que estou farta de saber: que não és só meu.

Sim, eu sou só tua. Entreguei-me a ti na esperança de que tu fizesses o mesmo ; na esperança de ter o conto de fadas com que sempre sonhei. E por momentos, tive...

Fui uma princesa feliz. Uma princessa que sorria de cada vez que te via; uma princesa que se sentia a voar de cada vez que lhe tocavas. Uma Princesa enganada, portanto.

Ao fim de tanto tempo, o conto de fadas chegou ao fim. Percebi que não era a única princesa do teu castelo. E doeu. Doeu tanto que dilacerou o meu coração de uma maneira irrecuperável.

Mas eu gosto da forma como me magoas. Tens jeito para mentir e omitir. Fazes-me sentir especial, mesmo sabendo de tudo.

Por isso, não é burrice o facto de continuar contigo. É um simples egoísmo: um egoísmo por querer continuar a sentir que estou por cima, porque tu não sabes que eu sei. 1 a 0 para mim.

Mas sei. E amaldiçoo-te todos os dias.

 

Porque de tanto que te amo, já te odeio.

*Texto ficcionado.

 

 

Lara.

I'm back!

Depois de um período de ausência forçado por frequências, gripes e infecções virais..i'm back! :)

Mais um feriado que passo aqui em Lisboa, sozinha, fechada em casa, no quentinho do quarto....onde tenho tanta coisa para fazer mas nada me apetece...

O tempo também é convidativo a que fique o dia enfiada na cama....

O Natal está quase quase aí e as iluminações já me enchem o ego pelas ruas por onde passo! Lisboa está tão mais linda...

 

E a 4dias de mais um aniversário, acho que é o primeiro ano em que me sinto triste com isso. Porque as pessoas que mais gosto não vão poder estar presentes, porque vou passar esses dias a trabalhar..e porque os 20 começam a pesar ;D

 

 

 

 

 

 

 

 

Lara.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Daisypath Anniversary tickers

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D